Hangar do Zeppelin



hangar-10

O Hangar do Zeppelin localiza-se nas dependências da Base Aérea de Santa Cruz, unidade da Força Aérea Brasileira, no bairro de Santa Cruz na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.
É um hangar, de grandes dimensões destinada a abrigar os dirigíveis alemães conhecidos como zeppelin na epoca. Atualmente é um dos últimos hangares mais bem conservados para dirigíveis existentes no mundo. É tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) é uma das maravilhas do histórico bairro de Santa Cruz, por interesse turístico e histórico da cidade do Rio de Janeiro.

O tamanho é o que impressiona com suas grandes dimensões: 274 metros de comprimento, 58 metros de altura e 58 metros de largura.4 Orientado no sentido norte/sul, o seu portão norte, com 28 metros de largura e 26 metros de altura servia apenas para ventilação e saída da torre de atracação, sendo aberto manualmente. O portão sul, o principal, abre-se em toda a altura do hangar e possui duas folhas de 80 toneladas de peso cada uma. Estas portas eram abertas graças a motores elétricos ou manual. As instalações elétricas eram revestidas por uma blindagem para evitar o surgimento de qualquer fagulha, que poderia causar um incêndio catastrófico nos dirigíveis. No topo do hangar, a 61 metros de altura, existe uma torre de comando, de onde se pode avistar toda a área ao redor.

  • O Aeroporto Bartolomeu de Gusmão foi um aeroporto construído para receber os dirigíveis Graf Zeppelin e Hindenburg. Em 1942, tornou-se uma base área da Força Aérea Brasileira que a utiliza desde então. Atualmente base Aérea de Santa Cruz.

    Estr. do Zepelin
    Santa Cruz – Rio de Janeiro , RJ – 23555-220
    (21) 3078-0389

     

Mapa de Localização do Hangar do Zeppelin
 


Exibir mapa ampliado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>