Guindastes do Porto do Rio ganham iluminação



Os guindastes tombados pelo município em 2015, por sua posição nos  armazéns do Porto e importância para a história da Região Portuária da cidade, os dois guindastes de 1968 foram recém-restaurados e receberam projeto de iluminação assinado pela designer Mônica Luz Lobo. A reinauguração dos equipamentos,  que receberam tratamento especial da Concessionária Píer Mauá, aconteceu nesta quinta-feira (27/04/17).

Além da presença da designer, a reinauguração contou com as presenças do diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), Antônio Carlos Barbosa, do presidente do Píer Mauá, Luiz Antonio Cerqueira, e da diretora-geral do Píer Mauá, Denise Lima.

 

Com o investimento de R$ 200 mil, o projeto de restauração levou 11 meses para ser concluído. A utilização de lâmpadas LED de alta eficiência permitiu manter o consumo de energia total por guindaste em torno de 720 watz, mínimo para uma estrutura deste porte, enquanto o normal seria em média 4 mil watz. 

 

Os equipamentos que ajudaram a construir a história econômica e sociocultural da cidade com a atividade portuária não operam há pelo menos 20 anos. Chegaram ao local na década de 50 e, à época, foram trocados por sacas de café. Guindastes do mesmo modelo foram desativados por toda a costa brasileira, de Manaus até Rio Grande, substituídos por novas tecnologias.

 

De acordo com a diretora-geral do Píer Mauá, o projeto de restauração e iluminação destes guindastes valoriza a história da região do Porto e resgata sua importância para a cidade do Rio ser o que é hoje.

Prefeitura – RJ

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>