Centro do Rio



centro-cinelandia-770

É um bairro da Região Central da cidade do Rio de Janeiro. É vizinho à Cidade Nova, Estácio, Praça da Bandeira, Saúde, Gamboa, entre outros, e abriga a famosa estação Central do Brasil, a Praça XV, famosas avenidas Avenida Presidente Vargas, Av. Rio Branco,além de inúmeras subdivisões, como a Carioca, Candelária, Lapa, Uruguaiana.

A Região Central é o centro histórico, administrativo e financeiro da cidade do Rio de Janeiro. Vem passando por uma grande revitalização desde que redescoberta pelos cariocas, na década de 90, que se seguiu a diversos projetos de renovação e enriquecimento, com reforma de praças e áreas de grande interesse turístico como o Campo de Santana, onde são encontradas obras de Mestre Valentim e outros notáveis artistas do Brasil Colonial e Imperial.

Locais de interesse turistico incluem a histórica Igreja da Candelária, o riquíssimo Mosteiro de São Bento e a moderna Catedral Metropolitana, o Teatro Municipal e incontáveis museus, assim como locais que rememoram o Rio Antigo, como é o caso do Arco do Teles, a Praça XV (antigo Largo do Paço) e diversos outros monumentos e construções admiráveis.

Os “Arcos da Lapa” são uma atração à parte. Estes são, na verdade, um antigo aqueduto em estilo romano construído por volta de 1750 pelo governo colonial português para abastecimento de agua da cidade, que foi convertido em viaduto em 1896 com o objetivo de possibilitar o transporte de passageiros por bondes para o bairro vizinho de Santa Teresa: o famoso bondinho de Santa Teresa, que até hoje funciona de forma regular.

Há também na Região central a maioria dos prédios administrativos do governo, o porto e várias sedes de grandes empresas, assim como imensos edifícios-garagem. O centro tem seu quadrilátero mais valorizado da Av. Nilo Peçanha até a Rua do Ouvidor, compreendendo esta área os edifícios mais valorizados para escritórios, assim como as lojas mais “chiques” e conhecidas. Pontos verdadeiramente nevrálgicos da região são as ruas da Assembléia (que se inicia no Palácio Tiradentes, sede da Assembléia Legislativa fluminense) e a avenida Erasmo Braga (onde se localiza o Fórum).

Recentemente, e após alguns anos, as construtoras voltaram a dar atenção ao Centro, construindo novos edifícios e  reformando vários outros, como é o caso do conhecido “Amarelinho”, e da Torre Almirante, que sucedeu ao Edifício Andorinha, onde teve lugar, na década de 80, um incêndio de grandes proporções.

A zona do Comércio Popular, o “Saara”, rivaliza com a paulistana Rua 25 de Março em público e variedade, assim como a área do Largo de São Francisco de Paula, que conta com grandes magazines e restaurantes tradicionais que merecem a visita de pessoas de todas as idades.

Os bairros próximos à região central são a Glória, Catete, Flamengo, Tijuca e São Cristóvão.

 

centro6 centro4

    Historia do Centro do Rio

No dia 1º de janeiro de 1502, navegadores portugueses avistaram a Baía de Guanabara. Acreditando que se tratava da foz de um grande rio, deram-lhe o nome de Rio de Janeiro, dando origem ao nome da cidade. O município em si foi fundado em 1565 por Estácio de Sá, com o nome de São Sebastião do Rio de Janeiro, em homenagem ao então Rei de Portugal, D. Sebastião.
Duzentos anos adiante, em 1763 o Rio de Janeiro tornou-se a capital do Brasil, título que manteve até 1960, quando foi inaugurada Brasília, a atual capital do país.
Devido às guerras napoleônicas, a família real portuguesa transferiu-se, em 1808, para o Rio de Janeiro, onde em 1815 o Príncipe Regente D. João VI foi coroado Rei do Reino Unido do Brasil, Portugal e Algarves, um fato histórico que foi da maior importância para os rumos da Nação Brasileira.
A economia da cidade foi impulsionada a partir do século XVII pelos ciclos da cana de açúcar, do ouro e do café. Hoje, o Estado do Rio de Janeiro é, após São Paulo, o segundo pólo industrial do Brasil, está entre os primeiros do turismo, além de ser o principal centro cultural do país e importante centro político.
Povos europeus, principalmente portugueses, misturando-se com escravos africanos e índios brasileiros, deram origem a um povo gentil, alegre e bonito que compõem a população de mais de 6 milhões de CARIOCAS, como são chamados os habitantes da cidade.
Situada em meio a uma paisagem privilegiada pela natureza, entre o mar e as montanhas, a cidade do Rio de Janeiro é uma das mais belas do mundo o que lhe valeu o título de Cidade Maravilhosa.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>